domingo, 18 de janeiro de 2009

Síndrome de Maria Preta


Ai gente, eu odeio faxina! Cozinho três dias e três noites sem parar, mas não peçam pra arrumar a casa! De-tes-to!!!!! Tenho tanta preguiça e falta de jeito pra essas coisas que vivo pensando no porquê - com tanta tecnologia no mundo - ninguém ainda inventou um banheiro doméstico descartável! Coisa nojenta lavar banheiro! Além de tudo, para um ser humano alérgico a morte que nem eu, tirar a poeira é um sofrimento e é preciso usar uma camiseta como máscara sempre que vou usar esses Vejas e Ajax da vida.


Moro num apartamento minúsculo e me dá até vergonha de pagar faxineira, mas tem sujeirinhas que não adianta: por melhor que seja a profissional, só você vê, só você se interessa por limpá-las! Eu não sou muito neurótica com esse negócio de limpeza não, sou até tranquila demais, mas outro dia fiquei irritada com a gordura acumulada nos botões do fogão. Daí (uma pena que a miopia melhora com o passar dos anos), fui vendo uma coisinha aqui, outra ali, fui limpando isso, aquilo e, quando vi, mais de uma hora brincando de faxineira só no fogão!!!!!


O que me dá nos nervos é que, com esse tempo, eu poderia ler uns quatro capítulos do meu livro, ver um filme inteirinho, ler dois jornais na internet, enfim, fazer algo de produtivo com a mente ao invés de ficar disfarçada de taliban esfregando gordura pra lá e pra cá. Ô tristeza! Mas, ando observando uma coisa: ao passo que cozinhar engorda, numa faxininha dessas perco uns quilinhos. Vendo por esse lado, fazer faxina pelo menos não é tão chato quanto academia e, no final, a casa cheira bem.

6 comentários:

Deire Assis disse...

com tanta tecnologia, como ainda não inventaram um jeito de passar roupa sem que a gente precise passar, de fato, a roupa. pq os tecidos não são todos autopassados? kkkk.

bjo!

Marcos Miorinni disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcos Miorinni disse...

Oi Aline, normalmente em ocasiões como está a pior trilha sonora que se pode ouvir é a que tenha Luiz Melodia ( ele é ótimo , mas não ouça: lava roupa todo dia que agonia ... )

Se a situação estiver caótica e nenhum tratado de paz resolveu, esqueça o apartamento e realmente leia um livro vai lhe fazer sentir-se melhor.

Abraços
Marcos

Rimene Amaral disse...

tá cobrando quanto, mesmo, por faxina, gal?

Luciene Cruz disse...

Menina, que os gênios da tecnologia desenvolvam logo a tal máquina limpa, lava e passa tudo com apenas o aperto de um botão. Meu sonho!
Minha mãe tá aí na sua terrinha e eu continuo aki com as saudades eternas!
Bjuuus

Juliana Faleiro disse...

Aline eu também detesto fazer serviço de casa!!!!!!!