quarta-feira, 18 de junho de 2008

Culpa do garrafão!

Das delícias de se morar sozinho posso tranquilamente citar aquelas bem egoístas como comer só o que você gosta, na hora que você quer, na frente da tevê e, se você bem entender, de pijama. Você manda na tevê, pode andar só de calcinha pela casa, ligar a tevê, o rádio e o computador todos de uma só vez e preferir, no final das contas, ler um bom livro.

Você dorme com a cama só pra você, pode ler com a luz acesa e o rádio ligado até às três da manhã. Pode deixar a louça pro outro dia sem dor na consciência. Morar sozinho é delicioso quando chega domingo e você pode se sentar em frente ao computador com sua xícara de café quente e ler o jornal de camisola, sem se preocupar com nada. Pode, sem o menor estresse, parar a faxina no meio e sair pra almoçar com os amigos. Pode almoçar 3 da tarde ou não almoçar e tomar um balde de sorvete só porque está sem ânimo pra enfrentar as panelas.

Pode deixar 4 pares de sapatos espalhados pela casa até se decidir que já é hora de tomar jeito e pôr tudo no lugar. Pode escolher os filmes que quer, ver na hora que quer e parar no meio só pra tirar um cochilo... Escolher a decoração sozinha e, em eventuais surtos, mudar tudo de lugar sem ninguém reclamar.

Morar sozinho é ótimo. Menos quando chega o garrafão de água mineral e você não está em casa... e aí você tem que se virar com o trambolho e vê que bem que morar com alguém também poderia ser MUITO legal.

2 comentários:

elaine disse...

Honey, Estou precisando de uma mãozinha com o garrafão. Juro que tentei colocá-lo na geladeirinha sozinha. Foi em vão. heheheh
Beijocasss

Aline Leonardo disse...

Eu sei amiga... é duro!